Ginecologista – Tudo sobre a consulta

Todas as mulheres devem ir ao ginecologista pelo menos uma vez por ano, para fazer a sua consulta de rotina. Essa visitinha é essencial para que você possa tirar algumas dúvidas e para que se certifique que está correndo tudo bem no seu corpo.

Nessa consulta o médico vai colocar-lhe algumas questões, por exemplo, se tem algumas histórias de doenças nos seus antecedentes familiares ou mesmo em si. Se você tiver algum tipo de queixa, ou se sentir um sintoma estranho, fale abertamente com o seu médico sobre isso.

Muitas vezes por vergonha ou por pouco à vontade, as mulheres, tendem a esconder muitas coisas ao seu médico ginecologista. É de reforçar que é bastante importante que não lhe esconda nada acerca do seu estado de saúde, assim vai facilitar o diagnóstico. Se você decidir omitir algo de relevante, pode arriscar que o seu médico não consiga avaliar a sua situação como avaliaria se soubesse da sua história clínica por inteiro.

Tudo sobre a ida ao ginecologista

Tudo sobre a ida ao ginecologista (foto: divulgação)

É muito importante fazer o exame físico, o seu diagnóstico vai depender essencialmente deste fator e da sua história clínica. Recorde-se se teve algum caso de câncer no útero, ovários ou mama na sua família, é muito importante que o médico saiba disso! Este é o início para que a sua ida ao ginecologista corra bem e que você possa ficar bem tranquila porque foi devidamente examinada.

Vamos dar-lhe, agora, mais algumas informações e dicas sobre a consulta no ginecologista.

O que é um ginecologista

Um ginecologista é um médico especializado em assuntos relacionados com o aparelho reprodutor feminino, os ovários, o útero e a vagina e também relacionados com questões do trato urinário. Os ginecologistas são treinados para avaliar, reconhecer e tratar potenciais doenças do sistema reprodutivos e também são treinados para poderem fazer algumas cirurgias.

Um ginecologista não serve apenas para resolver este tipo de assuntos mas também para conversar com a mulher e esclarece-la sobre as suas questões acerca da sua vida sexual e de todo o aparelho reprodutor, assim deve proceder para se prevenir das doenças sexualmente transmissíveis.

Tudo sobre a ida ao ginecologista

Tudo sobre a ida ao ginecologista (foto: divulgação)

A consulta 

A consulta deve iniciar com algumas dúvidas que você tenha, o esclarecimento delas e uma breve conversa sobre o seu passado clínico e atual. Não tenha vergonha, o médico vai guardar segredo de tudo, faz parte do seu código de ética. Não vai fazer qualquer juízo de valor. Ele apenas está preocupado em manter a sua saúde e que a sua vida sexual não a prejudique nem aos outros.

O seu médico ginecologista vai fazer-lhe dois tipos de exame, o exame físico geral e o exame genital. O primeiro faz com que o seu médico sinta algum tipo de cisto na mama ou no ovários, meça a pressão e o pulso e depois verifique a quantidade de pêlos. No segundo exame o seu médico vai sentir o colo do útero, o útero, as trompas e os ovários. Colocando dois dedos na vagina e uma mão no abdome. Para conseguir ver melhor o canal vaginal e o colo do útero também se faz o exame com um tubo de plástico descartável, o espéculo vaginal.

Procure descontrair nesse exame, não será nada doloroso, a não ser que você se contraia demasiado, impossibilitando que o seu médico ginecologista verifique o que quer que seja. Se não se sentir confortável procure falar um pouco mais com o seu médico até se sentir completamente descontraída e relaxada. Perceba que não há nada para temer e que este médico apenas está exercendo a sua profissão e está nesse local simplesmente para a ajudar.

Tudo sobre a ida ao ginecologista

Tudo sobre a ida ao ginecologista (foto: divulgação)

Exame Papanicolau 

Vai ser no último exame que falamos anteriormente, o do espéculo vaginal que também se vai dar início ao exame papanicolau. Este exame serve para prevenir o câncer do colo do útero, diagnosticar doenças sexualmente transmissíveis e inflamações vaginais. As mulheres com vida sexual ativa devem fazer este exame, pelo menos uma vez por ano. Este procedimento indolor e bastante simples, tem uma duração de cerca de 5 minutos e consiste em recolher algumas células do colo do útero através de uma espátula e uma escovinha que depois serão analisadas em laboratório.

A ginecologista ou o ginecologista

Depende muito do seu à vontade. Independentemente de ser mulher ou homem você tem que se sentir segura, relaxada e completamente à vontade para fazer a consulta. A escolha se prefere um homem ou uma mulher como seu ginecologista, deve ser uma escolha bem pessoal e em nada influenciará a consulta ou o diagnóstico.

Que tipo de perguntas o médico ginecologista coloca

O médico ginecologista vai perguntar-lhe tudo aquilo que precisa para completar a sua ficha médica. Reforço que é muito importante que não lhe esconda nada! Facilite a vida de ambos. É normal que o médico coloque algumas questões sobre a sua vida sexual, se sente algum sintoma fora do comum, a última vez que menstruou ou que teve relações sexuais, entre outros.

De quanto em quanto tempo se deve fazer uma visitinha ao consultório

Toda a mulher com vida sexual ativa, deve visitar o ginecologista, pelo menos uma vez por ano. Mesmo que não sinta nada fora do comum, você deve fazer os exames para ter a certeza absoluta que está tudo indo dentro do comum e prevenir certas e determinadas doenças. É aconselhado também procurar um ginecologista antes da primeira transa, para conferir se está tudo bem com a menina.

E você, costuma ir ao ginecologista de quanto em quanto tempo?

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: