Tatuagem feminina tribal

As tatuagens tribais são muito antigas, desde a era antes de Cristo, isso mostra que elas tem história milenar, pois as tribos pintavam seu corpo por motivos diferentes, mas a maioria era para diferenciar umas das outras.

Algumas tatuagens mostravam certa hierarquia social e algumas têm certos significados especiais que são usadas até hoje. Algumas pessoas tatuam desenhos tribais na pele como amuleto para alguma coisa, outras a fazem por gostar dos desenhos e acha-los muito bonitos e com significado especial. As tatuagens tribais modernas apresentam desenho mais alegre do que os do passado que eram pintadas em preto.

Como são as tatuagens tribais modernas

Hoje os contornos pretos das tatuagens tribais permanecem, mas as cores também estão presentes na maioria delas. As pinturas alegres e festivas deixam as mesmas muito mais bonitas e estilosas. Quando o assunto é inovação as mulheres não deixam por menos as tatuagens tribais ganharam novos aspectos depois que as mulheres optaram por fazê-las. A tatuagem é referência para quem tem estilo, de origem muito antiga, a arte de pintar o corpo vem do Egito, entre 2000 a 4000 antes de Cristo. As mulheres personalizaram as tatuagens tribais para compactuar com seu estilo.

Tatuagem Feminina Tribal

Tatuagens tribais

Entre as tatuagens mais feitas destaca-se a Maori, que é uma tribo indígena que tatuava o corpo de acordo com status e cultura, muito parecido com as tribais tradicionais, a Maori se difere por ser em alto relevo. Já as tribais são carregadas de significado e seus desenhos em linhas geométricas ou abstratas, em preto e branco ou até mesmo colorido, podem indicar símbolos e gestos de tribos antigas ou rituais de passagem. Vale lembrar que antes de fazer a tatuagem é importante estar ciente que é uma cicatriz permanente e que o local onde ela vai ser feita deve ser muito bem pensado, pois dependendo da ocasião, muitas vezes, é preciso escondê-la. Procure um profissional qualificado para garantir a excelência do trabalho e evitar problemas futuros.

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: