Pão: Verdades e mitos desse alimento tão popular

Muitas vezes estamos atrelados a uma crença, que origina-se nem sabemos ao certo de onde. Por exemplo, como coma determinado alimento misturado com outro que fará mal. Não coma doces, assim você não emagrecerá.

Ao iniciarmos uma dieta, temos que ter a consciência de que podemos sim, comer de tudo, mas a quantia é que determinará se conseguiremos emagrecer ou não. Sempre que associamos a dieta a atividade física regular, podemos ingerir uma quantidade um pouco maior de alimentos. Se pensarmos que só poderemos consumir determinado alimento somente depois de alcançarmos nosso objetivo (peso ideal), logo desistiremos. O que realmente deve acontecer é uma mudança de hábito.

Quando queremos perder aqueles quilinhos extras e decidimos começar a dieta, logo pensamos, terei que eliminar o pão. Mas não é bem assim que funciona, o pão em si não engorda ele contém apenas 135 calorias e esse mito de que ao retirar o miolo é menos calórico não é verdadeiro, o que acontece é que ao retira-lo as calorias diminuem, pois o pão e a casca tem o mesmo número de calorias. Em uma refeição balanceada devemos consumir 50% de carboidratos, nossa principal fonte de energia.

pão

Ao eliminarmos os carboidratos da alimentação em uma dieta, logo desistiremos, pois sentiremos fraqueza, mau humor, desidratação, perda de massa magra e teremos menos resistência às infecções. O que faz o pão tornar-se um vilão das dietas é o recheio que adicionamos dentro dele ao comermos. O ideal é darmos preferência a alimentos mais saudáveis para rechearmos nosso pão, como saladas, ovos cozido, atum.

 

O pão possui muitos nutrientes e sais minerais

Além dos carboidratos ele contém também muitos nutrientes e sais minerais. Como retinol, fósforo, ferro, cobre, zinco, ácido fólico, sódio, potássio. O zinco atua no nosso sistema imunológico nos defendendo contra vírus, bactéria e fungos. Sabemos que o sódio é um dos responsáveis pela retenção de líquidos e aumento da pressão arterial, mas consumimos alimentos com maior teor de sódio como biscoitos, embutidos e margarina, o que deve ser feito nesse caso é reduzir esses alimentos do consumo diário para podermos aprecias o tão desejado pão.

Pão Integral

O pão integral é o mais recomendado, feito com a farinha de trigo que não passa por nenhum processo, por isso ele permanece com a casca do trigo, que contém diversos nutrientes e benefícios e ainda é rica em fibras, ajuda a regular o intestino e a controlar o colesterol ruim, o LDL. A ingestão diária de fibras pode prevenir doenças como: câncer de mama e de próstata, diabetes, obesidade, além de doenças cardiovasculares. Mas lembre-se ao ingerirmos alimentos ricos em fibras temos que beber bastante água, no mínimo 2 litros/dia, senão ao invés de melhorar o trânsito intestinal elas dificultarão o processo. Essas fibras ainda nos proporcionam uma sensação de saciedade mais duradoura, e não elevam a glicose sanguínea. Sempre que a glicose sanguínea aumenta é necessário liberar maior quantidade de insulina para normalizar a glicemia sanguínea. Essa situação pode sobrecarregar o pâncreas, ocasionando resistência à insulina e até mesmo diabetes.

Ao acrescentarmos outros ingredientes funcionais no preparo de nosso pão, conseguimos um alimento ainda mais nutritivo. Por, exemplo, o pão de aveia, rico em proteínas, fibras e ferro. Feito com farinha de aveia, flocos de aveia e açúcar mascavo. Ideal para a saúde do organismo. Frutas desidratadas (passas, coco banana, ananás, papaia…), frutos secos (nozes, amêndoas, avelãs), ricos em ácidos gordos essenciais, são também, ótimas opções.

O ideal é sempre comermos o pão pela manhã, pois é o horário que mais necessitamos de energia, pois o organismo passo um longo período em jejum. E ao decorrer do dia utilizaremos essa energia assim ela não será acumulada. Duas fatias ou um pão é o recomendado. Se optarmos por comer o pão a noite, poderá contribuir para o aumento de peso, porque gastamos menos energia nesse período.

pães

 

Vamos conhecer alguns tipos de pães e seus benefícios:

Pão light

Tem redução de um de seus componentes, que pode ser calorias, sal ou outras substâncias. Se for redução de calorias, ele é interessante para quem quer perder peso.

Pães 7, 9 e 12 grãos

Apresentam maior teor de fibras e, quanto maior a quantidade de grãos, maior será a de fibras.

Pão preto

Pacientes diabéticos precisam ficar atentos porque a cor mais escura se deve à presença de açúcar mascavo ou caramelização de açúcar. Ele geralmente é feito com farinha integral e açúcar caramelizado.

Pão com aveia

Recomendado principalmente para quem deseja baixar o colesterol.

Pão com linhaça

Essa semente é rica em óleo fonte do ômega 3. Ela tem ação antioxidante e atua diretamente no equilíbrio hormonal feminino.

Pão de centeio

É uma fibra insolúvel, importante para o funcionamento do intestino.

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: