Os principais tratamentos para olheiras

O que é a olheira muita gente já sabe: um escurecimento ao redor dos olhos, geralmente na pálpebra inferior, que causa grande desconforto para quem o possui.

Muitos pensam que as olheiras surgem somente quando não dormimos o suficiente, mas existem outros fatores que contribuem para o desenvolvimento delas. É importante sabermos as causas das olheiras, então seremos capazes de lidar com elas e assim encontrar o tratamento mais adequado.

Principais fatores que causam olheiras

Hereditariedade: Na maioria dos casos, as olheiras são vasos sanguíneos que conseguimos ver através da pele. A pele em redor das pálpebras é a mais fina no corpo (perto de 0,5 mm de espessura em comparação com os 2mm nas outras áreas). Quando o sangue passa através de grandes veias perto da superfície da pele, pode produzir um tom azulado. Quanto mais transparente a pele for (também uma característica hereditária) mais escuras são as olheiras.

Anemia: Uma alimentação pobre em nutrientes e vitaminas, pode contribuir para a descoloração da área debaixo dos olhos. Acredita-se que a falta de mineral de ferro pode também causar olheiras. A deficiência de ferro é o tipo mais comum de anemia e esse é um sinal que não de má oxigenação nos tecidos do corpo.

Hormonas: A pele também pode ficar mais pálida durante a gravidez e na menstruação (devido à falta de ferro), permitindo que as veias debaixo dos olhos se tornem mais visíveis.

Medicamentos: Todas as medicações que causem dilatação dos vasos sanguíneos podem fazer com que a área sob os olhos escureça, porque a pele sob os olhos é muito delicada e qualquer aumento do fluxo sanguíneo é revelado através da pele.

Fadiga: O cansaço e a correria do dia a dia fazem a sua pele ficar mais pálida, o que faz com que as suas olheiras se destaquem mais, permitindo que o sangue sob a pele se torne mais visível e parece mais azul ou mais escuro.

Idade: É mais comum que as olheiras se tornem mais visíveis e permanentes com a idade. Isso ocorre porque as pessoas envelhecem, a sua pele perde colágeno, tornando-se mais fina e transparente.

Os principais tratamentos para olheiras

Tratamentos caseiros para olheiras

As olheiras, geralmente estão associadas a uma má noite de sono, quando não dormimos o suficiente, elas surgem como protagonistas e deixam a região abaixo dos olhos escurecidas, além de fornecer uma expressão de cansaço. Mas existem outros fatores que contribuem para o desenvolvimento das olheiras como a hereditariedade, a má alimentação, o estresse, a TPM, o uso de medicamentos entre outros fatores.

Algumas mudanças no estilo de vida acabam funcionando como tratamento para olheiras, e também para um melhor funcionamento de todo organismo. Existem algumas receitinhas caseiras, usando itens que temos em casa, e gastando muito pouco, no tratamento contra olheiras sem gastar muito.

Receitas caseiras para tratar olheiras

Compressa: Molhe uma gaze esterilizada ou um pedaço de algodão em chá gelado de camomila e faça uma compressa na região das pálpebras. Deixe agir por 15 minutos e depois enxágue os olhos com água fria. Você pode substituir ao chá de camomila e usar chá verde ou de maçã.

Rodelas de batata: Para melhorar a circulação sob os olhos, dá também pra usar rodelas geladas de batata ou de pepino na região durante 15 minutos. Esses legumes hidratam a região e ativam a circulação. Não tem contraindicação e são muito práticos.

Esta solução terá uma ação calmante e refrescante. Outra maneira de tratar as olheiras é misturar suco de pepino com suco de limão em quantidades iguais, em seguida, aplique com a ajuda de uma bola de algodão sobre a pele afetada. Deixe por 15 minutos e depois lave com água. Siga este remédio por uma semana e logo o inchaço dos olhos e as olheiras desaparecerão.

Cósmeticos: Os cosméticos que podem ser comprados em farmácias também ajudam a melhorar a aparência da pele. Os cosméticos em embalagem roll on podem ser aplicados várias vezes ao dia. Eles ajudam a drenar os líquidos acumulados na região, que causam inchaço, e reduzem a cor escura das olheiras. Procure na fórmula dos cremes as vitaminas K e C, responsáveis por atenuar a pigmentação ao redor dos olhos.

Alimentação: Procure consumir de alimentos ricos em vitamina K e ômega 3 como alface, espinafre, frutas cítricas, sementes como nozes e grãos e quinoa.

Os principais tratamentos para olheiras

Tratamentos estéticos: Tratamento com luz pulsada, que age nas regiões escurecidas pelo acúmulo de melanina. Após, mais ou menos quatro sessões, dependendo da pessoa, esse pigmento vai clareando. Pessoas com pele muito bronzeada, mulheres grávidas e quem tem melasma não devem investir nesse tipo de tratamento.

Outra opção é unir o peeling de cristal com máscaras clareadoras: Após o procedimento, é comum a região ficar avermelhada e um pouco inchada, por isso, o recomendado é não se expor ao sol e aplicar hidratantes que o médico indicará para a proteção da pele. É um procedimento não invasivo, indolor e não necessita da aplicação de nenhuma anestesia.

Siga algumas dicas para evitar as olheiras

  • Faça massagens leves com os dedos na região da pálpebra, para ativar a circulação.
  • Durma pelo menos oito horas por noite.
  • Faça exercícios físicos regularmente. Eles ajudam a diminuir o estresse e, consequentemente, as olheiras.
  • Use só protetores solares que tenham sido“testados dermatologicamente. Geralmente está escrito no rótulo. O FPS 30 é ideal para as pálpebras.
  • Fuja das sombras escuras, para não destacar as olheiras ainda mais. Prefira pigmentos claros, como rosa e pêssego.

Faça um Comentário