Óleo pode ter gorduras boas para o corpo, mas excesso faz mal à saúde

Quem não gosta de comer alimentos empanados, grelhados e assados?

São inúmeras maneiras de preparar os alimentos, mas saiba que podem estar prejudicando sua saúde, pois nem sempre a melhor maneira é a que você está usando para o preparo desses alimentos. O óleo usado pode prejudicar sua saúde, como por exemplo, as frituras, elas são as que mais representam riscos por causa do excesso de óleo usado para fazer, uma vez que aumenta muito o valor calórico dos alimentos. Saiba que em quantidades ideais o óleo traz excelentes benefícios à saúde.

Riscos do excesso de óleo na alimentação

Vale lembrar que os alimentos que contém excesso de gordura, principalmente as trans, favorecem o risco de doenças do coração, como o infarto, pois ela aumenta a probabilidade de formação de placas de gordura nas artérias. Portanto é importante tomar cuidado com esse tipo de alimento. Para ter boa saúde e garantir o funcionamento do organismo de forma saudável, o ideal é consumir no máximo duas colheres de óleo ou azeite por dia. Para que você não consuma tanta gordura no dia a dia, pode optar pelos alimentos grelhados, uma vez que usam muito pouco ou até nenhum óleo no seu preparo.

Óleo-pode-ter-gorduras-boas-para-o-corpo-mas-excesso-faz-mal-à-saúde-02

Gordura como alimento saudável

Você sabia que existe gordura em praticamente todos os alimentos, inclusive em algumas frutas? A gordura é indispensável para o corpo humano e para a sobrevivência das pessoas, portanto o recomendado pelos médicos é que seja consumido diariamente entre 25% e 35% dessa gordura. A gordura desempenha a função de proporcionar estrutura energética, estrutural e hormonal ao corpo das pessoas. Por tanto, ela é responsável por 5 funções essenciais ao corpo, como: funcionamento do intestino, na proteção das células, na fabricação de hormônios, no controle da temperatura e na absorção de vitaminas no organismo.  Você sabia disso?

Faça um Comentário