Alimentos que mais incham a barriga

Quem não gosta de estar em forma? Todos, não é mesmo! Mas devemos ter cuidado, pois muitas vezes acabamos prejudicando a saúde em nome do corpo ideal.

Seguimos dietas radicais que excluem grupos de alimentos de extrema importância para o bom funcionamento do organismo. Passamos períodos muitos longos sem nos alimentarmos achando que isso não trará danos ao organismo. A saúde deve sempre ser primordial, a estética secundária. Claro que ter um corpo bonito, que nos agrade é maravilhoso. Nos sentimos mais seguras e tudo flui melhor, mas para isso não precisamos cometer loucuras. O que devemos fazer é seguir uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente. Não somente enquanto estamos em processo de perda de peso mas sim, para sempre. Pois depois que alcançamos nosso objetivo devemos mantê-lo.

Regrinhas básicas para manter o peso

Devemos seguir algumas regrinhas que são fundamentais para evitar o acúmulo de gordura no corpo, manter a saúde em dia e prevenir os sintomas de barriga inchada:

– Alimentarmos de 3 em 3 horas é importante, pois longos períodos de jejum acumulam a energia em forma de gordura, pois o organismo não sabe a hora que iremos reabastece-lo novamente.

– Preferir sempre alimentos que nos auxiliem na perda de peso, como alimentos termogênicos que aceleram o metabolismo e alimentos de baixo índice glicêmico que liberam o açúcar no sangue lentamente proporcionando assim uma sensação de saciedade mais duradoura.

Alimentos ricos em fibras auxiliam no trânsito intestinal eliminando assim toxinas prejudiciais ao organismo. O bom funcionamento do intestino está associado diretamente com o fortalecimento de nossa imunidade e até mesmo a aparência de nossa pele e cabelos.

– Evite frituras, doces e refrigerantes esses alimentos possuem calorias vazias, ou seja não trazem nenhum benefícios ao nosso organismo e o pior são nocivos a nossa saúde.

– Certos alimentos causam algumas modificações em nosso organismo. Contribuem para o aumento de peso, incham, causam alergias. Fatores como insuficiência vascular, hipotireoidismo, hipertensão arterial e mau funcionamento dos rins, fígado e coração podem causar a retenção de líquidos.

Alimentos-que-mais-incham-a-barriga-01

– Durante a gestação é normal incharmos, devido a grandes mudanças hormonais e o aumento de peso. Mas podemos ter mudanças hormonais sem estarmos grávidas, isso pode ocorrer pelo uso de anticoncepcionais.

– Evitar alimentos industrializados que contém uma grande quantidade de aditivos químicos, como sódio, por exemplo, é necessário. Sódio em excesso causa inchaço e hipertensão. Alimentos que contenham glúten, lactose também devem ser reduzidos ou evitados.

Vamos conhecer alguns alimentos que incham nosso abdômen

  • Feijão: Alguns carboidratos presentes no grão escapam da digestão e são metabolizados pelas bactérias presentes na parte baixa do trato digestório, podendo causar gases e flatulência. Mas, eliminar totalmente o alimento da dieta não é uma boa opção, devido ao seu grande valor nutricional. Portanto, consuma moderadamente.
  • Repolho e Couve-flor: Esses vegetais são da família das brássicas, na qual estão presentes compostos sulfurados capazes de aumentar a produção de gases.
  • Pão branco e massas: Feitos com a farinha refinada fornecem um carboidrato que leva à fermentação e produção de gases, provocando a distensão abdominal. Procure consumir pães e massas integrais, ricos em fibras.
  • Bebida alcoólica: Aumenta a permeabilidade da mucosa do intestino, provocando o desequilíbrio da flora intestinal, o que pode levar ao aumento do volume abdominal.

Dicas para prevenir a barriga inchada

– Quem sofre de má digestão deve consumir carne moderadamente.

O abacaxi é uma boa opção de sobremesa, pois na fruta há presença da enzima bromelina, que auxilia na digestão.

– Chás como espinheira-santa, anis e erva-doce também ajudam na digestão. Para o período menstrual, chás de mentrasto, poejo e agoniada também podem auxiliar.

– O ideal é substituir alguns alimentos, ao invés de leite integral, consumir o leite de soja, arroz, escolha sempre o integral, o mesmo serve para pães, massa e biscoitos.

– Beber no mínimo 2 litros de água por dia.

– Consumir alimentos ricos em fibras, melhoram o trânsito intestinal. Muitas vezes o intestino preso promove inchaço abdominal.

– A drenagem linfática é uma ótima opção para reduzir o inchaço. Ela estimula o sistema linfático, responsável pelas trocas metabólicas com as células e em seguida é recolhida pelos vasos do sistema linfático, retornando aos gânglios. A drenagem linfática melhora a circulação sanguínea e diminui a celulite.

Se você mudou seus hábitos e os sintomas persistiram, consulte um médico.

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: