Motivos para adotar a linhaça na sua dieta

Não há milagres para quem deseja perder peso. O ideal é não comermos em excesso e manter a uma rotina onde a atividade física esteja presente para não acumularmos gordura.

Seguir uma alimentação saudável não é importante somente para perda ou manutenção de nosso peso, mas para o bom funcionamento do organismo. Atualmente através de várias pesquisas, sabemos que existem alguns alimentos que nos auxiliam no processo de emagrecimento, acelerando-o como é o caso da linhaça. Devemos consumir estes alimentos diariamente e de forma correta para que possamos nos beneficiar com suas propriedades, muitas vezes, milagrosas.

Conheça alguns benefícios da linhaça:

A linhaça é a semente do linho e é muito utilizada no preparo de vários alimentos. Ela é considerada um alimento funcional, trazendo benefícios para o coração, intestino e até mesmo prevenindo alguns tipos de câncer. Mas o principal benefício que tem conquistado a mulherada é o fato de auxiliar no processo de emagrecimento, pois suas fibras atuam na liberação da glicose no sangue e reduzem, o acúmulo de gordura no corpo. E ainda é uma alternativa de cereal sem glúten.

Confira-alguns-motivos-para-adotar-a-linhaça-na-sua-dieta-01

Há dois tipos de linhaça, a marrom e a dourada, mas elas não apresentam diferenças nutricionais relevantes. A linhaça marrom contém um pouco mais de ácidos-graxos ômega 3 e 6 na primeira, mas são condições que podem variar de acordo com a região em que ela foi plantada.

A linhaça também é rica em lignanas, substâncias muito semelhantes ao estrógeno e por isso chamadas de fitoestrógenos, responsável por amenizar os sintomas da TPM e da menopausa, além de estarem relacionadas na proteção contra o câncer de mama e à saúde dos ossos das mulheres.

Encontramos na linhaça um alto teor de fibras. A porção recomendada dessa semente é de 10 gramas por dia, aproximadamente de uma colher de sopa. Essa quantidade contém 3,35 gramas de fibras. Como precisamos consumir até 25 gramas ao dia, ela contém 13% da quantidade diária recomendada.

Por ser rica em fibras, o consumo da linhaça, promove a liberação da glicose na corrente sanguínea de maneira lenta. Dessa forma, não há picos glicêmicos e é preciso utilizar menos insulina, hormônio responsável pelo armazenamento de gordura.

Além disso, as fibras melhoram o trânsito intestinal e proporcionam saciedade por um período mais longo. Mas, lembre-se ao consumirmos a linhaça devemos ingerir no mínimo 2 litros de água por dia, logo após a ingestão, senão o efeito será contrario no que se refere ao funcionamento do intestino.

A linhaça ajuda na prevenção da diabetes, o mesmo processo que acontece para evitar acúmulos de gordura, também controla e previne a diabetes. O açúcar é liberado em menor quantidade no sangue. Os alimentos de alto índice glicêmico, que não é o caso da linhaça, são digeridos de forma rápida. A quantidade de açúcar no sangue aumenta, sendo necessário liberar maior quantidade de insulina para normalizar a glicemia sanguínea. Essa situação pode sobrecarregar o pâncreas, ocasionando resistência à insulina e até mesmo diabetes.

Confira-alguns-motivos-para-adotar-a-linhaça-na-sua-dieta-02

A linhaça pode ser encontrada em 4 formas diferentes, aprenda como consumir cada uma delas:

Farinha de linhaça, ela pode ser adicionada a sucos, saladas, frutas, iogurte, sopas, no preparo de pães, biscoitos, bolos ou no prato de comida, por já estar triturada, faz com que garanta uma melhor absorção de todos os seus nutrientes, além de conservar as fibras.

Grão de linhaça, o ideal é colocá-lo em copo de água filtrada e deixa-la durante toda noite, em um copo escuro e fechado. Pela manha, bata tudo no liquidificador.

Óleo de linhaça, quando é prensado a frio, ele se torna uma boa opção e pode ser utilizado em preparações prontas, como temperar saladas. Porém esse óleo não pode ser aquecido nem prensado no calor, pois as altas temperaturas anulam as propriedades da linhaça. Por isso, é preciso muito cuidado ao comprar. Além disso, essa versão perde as fibras.

Em forma de suplementos o consumo do óleo de linhaça pode ser manipulado em cápsulas. Normalmente, por conta da manipulação e de todo processo de encapsulamento, elas acabam sendo menos efetivas do que o alimento in natura, mesmo assim seu consumo dessa forma deve ser receitado por um médico.

Faça um Comentário