Mel na Dieta

O mel é muito mais que um simples adoçante natural. Rico em variadíssimos nutrientes, o mel  possui uma excelente ação antioxidante, aumenta a resistência física garantindo energia ao corpo, melhora o funcionamento dos intestinos e do sistema respiratório em geral.

O mel é ainda excelente para o combate a insónias pois tem um leve efeito sedativo. Pode ser utilizado como anticéptico, cicatrizante, laxante e expetorante, com excelente efeito no combate à tosse. Como uso tópico, é utilizado para cicatrização de feridas e hidratação da pele.

Os vários tipos de mel:

A diferença que existe em relação ao mel, deve-se essencialmente à predominância de plantas de que as abelhas se alimentam. Consoante o tipo de planta, maiores as propiedades benéficas para determinada ação. E como todas as plantas são diferente em cor e sabor, o mel varia não só nessas características, como, consoante o tipo de planta, maiores as propiedades benéficas para determinada ação.

As mais comuns são:

mel-300x251Alecrim: O mel feito a partir do alecrim é ótimo para a garganta, minimizando problemas de tosse e irritações. É bom ainda para problemas de estômago e intestino e para reduzir a tensão alta e o cansaço.

Erva-cidreira: Muito bom para facilitar a digestão.

Girassol: Excelente para ajudar reduzir o colesterol LDL do sangue.

Laranjeira: O mel produzido predominantemente a partir da flor de laranjeira é muito bom para insónias e um excelente calmante, atuando contra o stress e a ansiedade.

Rosmaninho: Reduz o cansaço e ajuda a reduzir problemas de insónia.

Este excelente alimento mel é o único doce que contém proteínas, sais minerais e vitaminas essenciais. Alie o seu agradável sabor às suas propriedades saudáveis e substitua o açucar por mel. Uma colher de chá de mel (cerca de 5g) contém 16,4Kcal. É ótimo para comer simples ou para adoçar leite e chá.

Faça o teste do peso ideal e saiba qual o peso que você deveria ter e que estratégias utilizar para queimar a gordura em excesso no seu corpo.

Faça um Comentário