Emagreça rapidamente com a dieta dos 17 dias

Sabemos que a maior parte das mulheres não esta satisfeita com o físico, por esse motivo torna a balança sua inimiga número 1, mas infelizmente isso não trará nenhum benefício. Para perder peso são vários procedimentos que devem ser seguidos para alcançar o objetivo desejado.

A maioria das mulheres acaba desistindo, por se tratar de um processo solitário e longo. Existem algumas dicas que você pode tentar seguir para dar uma acelerada em sua dieta e, desta forma perderá peso mais rápido. Mas lembre-se, sem paciência e persistência não alcançaremos o objetivo desejado.

Atualmente uma dieta que tem feito sucesso entre as mulheres é a dieta dos 17 dias. Sua principal característica é a divisão feita por fase. A dieta de maior sucesso no momento nos Estados Unidos estimula o organismo a queimar mais calorias, acelerando a perda de peso. O método americano também promete pôr fim no efeito ioiô. E você não passa fome.

Mesmo assim, algumas duvidas sobre o mecanismo por trás do gasto calórico persistem. O best-seller americano A Dieta dos 17 Dias (editora Sextante, 24,90 reais), lançado este mês no Brasil, sugere outro olhar sobre o modo como o organismo transforma as calorias em energia. E propõe “chacoalhar” o metabolismo a cada 17 dias. Essa estratégia, amparada em estudos científicos, evita o desgosto de ver o ponteiro da balança teimosamente estacionado no mesmo lugar, semana após semana. O autor da dieta, o médico Mike Moreno, também considera esse tempo ideal para você se acostumar aos novos hábitos alimentares e, assim, adotá-los de vez.

Emagreça-rapidamente-com-a-dieta-dos-17-dias-01

O programa, inicialmente, da ênfase aos carboidratos, mas eles devem derivar principalmente das verduras e dos legumes, assim como das frutas, que devem ser evitadas à noite. Segundo Moreno, perder peso nem sempre depende só de você reduzir a quantidade de comida. Conta (e muito) o tipo de alimento e a forma como é digerido e metabolizado. Por isso ele propõe, ainda, cardápios que favoreçam a queima de gordura, facilitem a absorção de nutrientes e impeçam o acúmulo de toxinas. Mas a dieta não é somente a base dos carboidratos acompanhados de fibras, as proteínas magras e gorduras boas também estão presentes. Esses alimentos são aliados do sistema digestivo, fazendo com que o organismo armazene substâncias benéficas e elimine as nocivas.

Outra estratégia importante na dieta é alterar a quantidade desses alimentos em cada uma das fases (acelerar, ativar, conquistar e manter). O objetivo é estimular o metabolismo e, com isso, queimar mais calorias no dia a dia. Para apressar mais ainda esse processo, é só você por em prática outra sugestão do autor: nas duas primeiras fases, em que os carboidratos estão menos presentes, faça só 17 minutos de exercício aeróbico (andar, correr…) todos os dias. Na terceira, em que pão e massa voltam a ser permitidos, o ideal é malhar no mínimo 45 minutos e, na quarta fase, um pouco mais. Com a garantia se seguir as sugestões devidamente, assim que atingir sua meta na balança, pode comer o que mais gosta, principalmente no final de semana.

1º fase

Comer à vontade: proteínas magras de aves (peru e frango sem pele), peixes (salmão, atum, linguado) e clara de ovo. Também ficam liberadas verduras e legumes purificadores (todas as folhas verdes, brócolis, alcachofra, berinjela, couve-flor, cenoura, pepino, tomate). • Comer porções moderadas: gema (só duas no caso de colesterol alto), laranja e todas as frutas com baixo teor de açúcar (maçã, pera, frutas vermelhas, pêssego e ameixa). Duas porções por dia, de preferência até às 14 horas. A mesma quantidade vale para os laticínios probióticos (kefir, iogurte, leite fermentado). As gorduras boas (castanhas, azeite ou óleo de linhaça) ficam restritas a duas colheres de sopa e o cottage, o único queijo permitido, a meia xícara de chá. • Esquecer: os carboidratos, especialmente os refinados (pão, massa e arroz brancos e doces) e bebida alcoólica.

Emagreça-rapidamente-com-a-dieta-dos-17-dias-02

2º fase

  • Comer à vontade: proteínas magras também das carnes vermelhas (patinho, alcatra, fraldinha) e dos frutos do mar (camarão, ostra, mexilhão). Mais verduras e legumes (acelga, abobrinha, nabo, rabanete, vagem, palmito).  Comer porções moderadas: de arroz integral, quinoa, aveia em flocos e trigo para quibe (duas porções por dia, o equivalente a seis colheres de sopa). As leguminosas (feijão, ervilha, grão-de-bico, lentilha) ficam limitadas a uma porção (1/2 xícara de chá), assim como batata-inglesa, batata-doce, inhame, abóbora e milho. Mas atenção ao horário de consumo: até às 14 horas. Continue preferindo as frutas com pouco açúcar, na mesma quantidade da fase anterior. Já os probióticos (iogurte, kefir, leite fermentado) podem passar para quatro porções. • Esquecer: os mesmos itens desaconselhados na primeira fase.

3º fase

  • Agora pode: pão ou torrada (2 fatias por dia) e macarrão (1/2 xícara de chá), de preferência integrais. Mais uma porção (1/2 xícara de chá) de cereal matinal ou granola. Você também tem direito a uma dose de álcool. Mas, se quiser avançar na perda de peso, deixe esse item de lado e continue consumindo os carboidratos acima até as 14 horas. • Coma à vontade: frutas com pouco açúcar, além de verduras e legumes, especialmente aqueles com ação purificadora. • Coma porções moderadas: de proteína para que você possa variar mais o cardápio com outros nutrientes. O ideal é consumir carnes, peixes e aves em porções de tamanho equivalente à palma da mão. Ovos, até dois por dia (ou quatro gemas por semana se o colesterol estiver alto). Outros itens permitidos: embutidos (peito de peru, blanquet, salsicha), qualquer tipo de fruta, leite desnatado, leite de soja e queijos magros (branco, ricota, mussarela light). Os queijos calóricos (brie, camembert) entram em porções mínimas. Maionese? Pode, mas só uma colher de sopa por dia. Se for light, duas. Nesse caso, reduza o azeite ou o óleo de linhaça para uma colher. • Lanches liberados: barra de cereais light ou diet, flan diet, picolé de frutas, pipoca de micro-ondas light e sorvete de iogurte. Mas cuidado para que a porção não ultrapasse 100 calorias.

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: