Dietas

Dieta para diabéticos

Diabetes é uma doença crónica bastante comum, que atinge ambos os sexos e as várias faixas etárias. A diabetes deve-se ao aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue.

Isto deve-se ao facto de o organismo se tornar incapaz de transformar a glicose dos alimentos. O aumento da quantidade de glicose no sangue dá pelo nome de glicemia e acontece quando a insulina é insuficiente para permitir que a glicose penetre as células. A glicose, apesar de ser a principal fonte de energia do
organismo, quando em excesso pode acarretar variadíssimos problemas de saúde, tais como, cansaço e falta de energia, insuficiência renal, ataques cardíacos, problemas de visão e pode tornar simples cicatrizações em algo muito complicado.

Apesar de não ter cura, a diabetes, se controlada pode permitir ao doente uma vida perfeitamente normal. Para tal, o diabético precisa manter a sua doença sob vigilância e além dos diversos tratamentos disponíveis e que deve seguir conforme indicação médica, deve ter o cuidado de fazer uma alimentação saudável apropriada à sua doença.

Alimentos que pode ingerir:

  • Legumes e hortaliças
  • Peixe
  • Carnes, de preferência carnes brancas e magras
  • Fruta (apenas uma peça de fruta de cada vez)
  • Leite meio gordo ou magro
  • Iogurtes natural ou magro
  • Queijo branco
  • Pão integral

dieta_diabeticosAlimentos a ingerir de forma moderada:

  • Arroz
  • Massa
  • Batatas
  • Feijão
  • Ovos (cozidos)
  • Azeite de oliva

Alimentos a evitar:

  • Carnes gordas
  • Enchidos
  • Conservas
  • Refrigerantes
  • Bolos ou bolachas com açúcar
  • Leite gordo
  • Frutos secos ou cristalizados
  • Manteigas
  • Fritos
  • Gorduras saturadas

De salientar que pode ingerir praticamente todos os alimentos, mas de forma bastante controlada. Deve ser regrado nos horários das refeições e fazer um regime alimentar de 5 refeições diárias por forma a nunca passar muitas horas sem comer. Deve ainda, como em todas as dietas ingerir entre 1,5l a 2l de água por dia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *