Como comer pode aumentar sua produtividade

A nossa energia é captada pelo organismo através dos alimentos que ingerimos. Se você se alimenta mal com certeza não vai ter tanta energia para cumprir as tarefas do dia a dia.

Alimentos saudáveis e nutritivos fazem toda a diferença, principalmente para quem pratica algum tipo de atividade física e atletas em geral. Quem nunca se sentiu cansada e desanimada ao acordar? Ter dor nas pernas sentir cansaço físico e mental pode ser um indício de que você está se alimentando muito mal e está na hora de rever a sua dieta diária.

Glicose é importante

A glicose é o que mantém o nosso corpo e o cérebro em alerta. Todo alimento que consumimos é quebrado em glicose, isso significa que a todo momento temos uma dose de glicose no sangue. É importante salientar que alguns alimentos liberam glicose mais rapidamente, enquanto que outros demoram para ser processados dessa forma. Para que o cérebro funcione de forma adequada é preciso em média de 25 gramas de glicose esteja circulando no sangue. Esse valor é correspondente, por exemplo, a uma banana. Existem inúmeras maneiras de obter essa quantidade de glicose no sangue. Se você comer, por exemplo, um donut vai ter essa quantidade muito rapidamente o que vai garantir atenção extrema por 20 minutos. Mas ao final desses 20 minutos a atenção vai cair rapidamente e a pessoa vai ficar sem foco, desatenta.

Como-comer-pode-aumentar-sua-produtividade-01

Aveia alimento da energia

Ao consumir aveia você vai garantir energia por longo período, pois ela libera glicose lentamente e vai manter a atenção  elevada por mais tempo e melhor foco. Portanto os alimentos com baixo nível glicêmico liberam glicose gradualmente na corrente sanguínea o que ajuda a otimizar a capacidade intelectual e o foco mental. O melhor índice glicêmico é encontrado na soja  18 gramas e o mais alto é encontrado no arroz branco 88 gramas. Agora está por sua conta, faça as escolhas certas na hora de se alimentar e obterá maior produtividade.

Faça um Comentário

Leia também esse artigo: