Dietas

Alimentação para não engordar no outono/inverno

Começar uma dieta pode ser uma decisão fácil de conceber e difícil de executar. Esse solitário processo de emagrecimento torna-se ainda mais complicado durante o outono/inverno, a sensação de fome aumenta, e praticamos menos exercícios, pois os dias frios e chuvosos nos convidam a ficar em casa em frente a lareira ou debaixo das cobertas.

A melhor solução é ficar atenta a alimentação, mesmo durante a temporada mais fria do ano para chegar ao verão em forma.

Dicas para não ganhar peso durante o outono/inverno

Alimentação para não engordar

1– Ninguém consegue resistir a um chocolate quente nos dias frio, mas você pode torná-lo menos calórico, substituindo o leite integral do chocolate quente pelo leite desnatado. E se levar creme de leite, prefira o light, mas em pouca quantidade;

2– Não devemos abrir mão do jantar para emagrecer. Durante o inverno, aposte em sopas quentinhas e saborosas , mas evite cremes com muitos queijos e creme de leite. E, fique atenta aos carboidratos, a batata, macarrão e mandioquinha são todos deste mesmo grupo alimentar, escolha apenas um para acrescentar na sua sopa;

3– Não deixe de consumir saladas, a dica para o inverno é dar preferência aos legumes cozidos ou verduras refogadas;

4– Para beber, dê preferência aos chás, eles aquecem e não têm calorias. Você pode acrescentar gengibre ou canela, que são alimentos termogênicos;

5– Nos rodízios em churrascarias, comece pela salada e abra mão dos petiscos como pasteizinhos, pão de queijo, banana à milanesa, batata ou mandioca frita, prefira também as carnes magras. Mas se não abre mão da picanha, pelo menos retire a gordura aparente. O frango sem pele e o peixe são ótimas opções;

6– Fique atenta também com as massas, independentemente da estação. Evite molhos gordurosos e se as massas forem recheadas, prefira os recheios de carne, frango, ricota;

7– A feijoada é um prato típico de inverno, mas você pode prepará-la de forma mais light dando preferência a carnes mais magras como carne seca ou lombo e retirando a gordura aparente, substituindo a farofa feita com bacon e calabresa por uma farinha torrada com um pouco de margarina, deixando de lado o torresmo;

8– O aumento do apetite é natural durante o inverno, o organismo consome mais calorias para se manter aquecido, então, procure comer mais vezes em menor quantidade;

9– Não abra mão das frutas para os lanches intermediários. Elas podem também ser utilizadas para preparar sucos e vitaminas. Você pode preparar sobremesas aquecendo as fruta, utilize adoçantes e canela;

10– Sentimos menos sede durante o inverno, mas não deixe de beber água. Deixe sempre um copo com água por perto e leve sempre uma garrafinha de água na bolsa;

11– Uma taça de vinho no inverno é sempre bem vinda, mas evite o exagero;

12– Não deixe de praticar atividades físicas. Pode ser dentro de sua casa, se tiver escada, suba e desça ou se possuir algum aparelho para atividade física, use-o. A prática de exercício é importante em qualquer época do ano;

Alimentação para não engordar

Dieta infalível para o outono/inverno

A sopa é rica em ingredientes cheios de fibras, como couve e repolho: eles dão saciedade, diminuem a absorção de gordura, melhoram o funcionamento intestinal e ainda promovem uma limpeza geral no organismo.

Ingredientes:

  • 200 g de carne vermelha ou de frango ou de tofu
  • 1 talo de aipo
  • 1 talo de funcho
  • 1 chuchu descascado
  • 2 folhas de couve
  • 2 folhas de repolho
  • 1 cebola descascada
  • 1 abobrinha descascada
  • 1 batata ou 1 pedaço médio de mandioca
  • 1 tablete de caldo de carne
  • Pimenta-do-reino, sal e azeite de oliva a gosto para temperar
  • Água suficiente para cobrir a mistura

Modo de preparo:

Em uma panela, despeje todos os ingredientes, cubra com água e leve ao fogo. Deixe lá entre 15 e 20 minutos ou até ferver. Em seguida, bata tudo no liquidificador.

Como consumir:

Tome um ou dois pratos do caldo de quatro a cinco vezes por dia (inclusive no café da manhã, se não for substituí-lo pelo shake) e nos lanches intermediários. Dê um intervalo de três horas entre as refeições. Na ceia, tome um só prato.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *